Novo prédio da Caminhos do Saber ficará ao lado da Escola Municipal Leopoldo Klepker

Após quatro anos, o projeto de construção de um novo prédio para a Escola Municipal de Educação Infantil Caminhos do Saber, do Bairro Alesgut, será executado. Desde 2014, quando a empresa responsável pela obra decretou falência, as obras do novo prédio estavam paradas.
O projeto foi alterado e as paredes que seriam de PVC, agora serão de alvenaria. A construção será em uma área superior a mil metros quadrados, em um terreno ao lado da Escola Municipal Leopoldo Klepker. A previsão é que a atual empresa licenciada para executar a obra, termine o prédio no prazo máximo de nove meses.
Atualmente, a Caminhos do Saber atende em uma casa alugada pela Administração Municipal. 60 alunos e 24 colaboradores dividem o local que tem 267 metros quadrados e que está distante aproximadamente um quilômetro do local onde será a escola.
Com as obras concluídas, a escola deverá atender 130 alunos, 70 a mais que hoje. "No novo prédio, a Caminhos do Saber terá turma de berçário, o que hoje não tem. Assim, a escola vai poder atender crianças de 0 a 5 anos", comentou a Coordenadora de Educação Infantil, Alessandra Surkamp.
O secretário de Educação, Paulo Brust, lembrou do compromisso firmado pela atual administração de priorizar a Educação Infantil no município. "Desde o início do ano já vinhamos somando esforços para resolver este impasse, reservando um recurso para contrapartida na liberação da obra e a readequação no projeto inicial, que previa paredes de PVC", comentou Brust. O secretário lembrou de quantas crianças e famílias serão beneficiadas. "É uma obra essencial para toda a comunidade teutoniense", vibrou Brust.
Além da Escola Caminhos do Saber, há outras duas escolas municipais de Educação Infantil, a Sonho de Criança e a Meu Cantinho. Juntas, as três instituições antedem mais de 250 crianças. "Temos ainda outras nove instituições de ensino comunitárias, que também prestam um serviço de qualidade na educação das nossas crianças", lembrou o secretário Brust. A prefeitura repassa um auxílio mensal por cada aluno às escolas comunitárias, o que diminui a mensalidade paga pelas famílias.
Hoje, aproximadamente 200 crianças esperam na fila para uma vaga na educação infantil. A Secretaria de Educação prevê mudanças na forma de ingresso nas escolas municipais e uma reestruturação pedagógica em todas as instituições de educação infantil. "Já colocamos professores de música e de educação física nessas escolas, mas queremos readequar o plano de ensino, facilitando a aprendizagem dos alunos", enalteceu a coordenadora Alessandra.

No projeto mais vagas
O prefeito Jonatan Brönstrup garante que as vagas em creches municipais são prioridades em seu governo. Em apenas nove meses, a atual administração solucionou um problema que se estendia há três anos. Agora, o objetivo é buscar recursos para a construção de uma nova creche. Após a implantação da Central de Vagas, um levantamento apontou que são necessárias a criação de 200 novas vagas. Com a conclusão da creche do Alesgut, mais de 130 crianças ainda vão precisar de um local para ficar enquanto os pais trabalham. “Sabemos da atual demanda de vagas nas escolas de Educação Infantil, por isso necessitamos com urgência a construção de uma nova escola,” atestou Jonatan.

Data de publicação: 02/10/2017

Compartilhe!